Posts Tagged ‘Eleições 2010’

IPIAÚ: COMPRA EM LOJA ÍNTIMA SOB SUSPEITA DE SUPERFATURAMENTO


Foto: Informe

A Compra das Fardas autorizada pelo Prefeito de Ipiaú, Deraldino Araújo (PMDB), no valor de aproximadamente R$ 1 milhão, ainda será objeto de muita especulação e polêmica.

Além de comprar as camisas em uma Loja de Roupas Íntimas, outro questionamento levantado é a falta de divulgação do preço unitário de cada fardamento, já que, o valor global do Pregão é de R$ 940.743,20 (Novecentos e quarenta mil, setecentos e quarenta e três reais e vinte centavos). Tal gasto é considerado desnecessário, pois até o momento, a Prefeitura já “torrou” mais de R$ 5 milhões, só em fardamento para as Escolas Municipais.

Analisando a compra, se cada farda for obtida ao preço de R$ 10,00, a Prefeitura terá adquirido mais de 94 mil peças. Essa quantidade seria suficiente para vestir toda a população de Ipiaú, Barra do Rocha e Ubatã.

SEGUNDO TURNO DAS ELEIÇÕES BATE RECORDES

O segundo turno das eleições 2010 bateu dois recordes: além de ter sido o mais ágil – às 20h já se sabia que Dilma Rousseff (PT) era a presidente do Brasil –, registrou o maior índice de abstenção desde 1989. Segundo o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Ricardo Lewandowski, o fato de o resultado das eleições ter sido divulgado apenas uma hora depois do início das apurações é fruto dos avanços principalmente tecnológicos e, com isso, o Brasil “bateu recordes mundiais”. Para ele, as instituições republicanas, sobretudo da Justiça Eleitoral, se consolidaram definitivamente. Quanto à abstenção, esta chegou a 21,47%, de acordo com o TSE. Em 2006, quando Lula derrotou o tucano Geraldo Alckmin, 18,99% dos eleitores faltaram, enquanto que, em 2002, quando Lula venceu José Serra (PSDB), 20,46% dos eleitores se abstiveram. Em São Paulo, o índice foi de 19,15%, abaixo do percentual registrado em todo o país. Na região Sudeste, o Rio de Janeiro registrou o maior número de abstenções, com 21,03% de sua população apta não comparendo às urnas. O maior porcentual do Brasil foi registrado no Maranhão, com 29,52%, seguido do Acre.

[Bahia Notícias]

PARA WAGNER, BAHIA SÓ GANHA COM VITÓRIA DE DILMA

Em entrevista à rádio TUDO FM, na manhã desta segunda-feira (1º), o governador Jaques Wagner agradeceu aos baianos pela votação expressiva na presidente eleita Dilma Rousseff e destacou que, com a vitória da petista, a Bahia só tem a ganhar. “Não tenho dúvida que, para além da amizade pessoal, haverá um compromisso muito forte, politicamente e administrativamente falando, da Dilma com a Bahia, não tenho dúvida disso”, destacou Wagner, comemorando o sucesso do PT nas eleições deste ano e reforçando que o governo de Dilma “será uma continuidade do projeto com renovação do condutor”.

[Bahia Notícias]

Dilma faz discurso da vitória em Brasília

Brasil tem a primeira mulher presidente: Dilma Rousseff

http://acao.dilma13.com.br/page/-/dilma13/uploads/noticias/5133004898_54bc015e3c_z.jpg/@mx_600

Brasil tem a 1ª mulher presidente: Dilma Rousseff. O Brasil elegeu hoje, 31 de outubro de 2010, a primeira mulher presidente da República. Dilma Rousseff venceu com 56,05% dos votos válidos. Seu adversário do PSDB, José Serra, teve 43,95%.

Os brasileiros foram às urnas no domingo que antecede o feriado de 2 de Novembro com a convicção de que o projeto iniciado pelo governo Lula em 2003 será aprofundado e aprimorado por Dilma. Ainda hoje, a presidente eleita deve fazer um pronunciamento no hotel em Brasília onde acompanha a apuração dos votos com seus aliados.

Reunidos num hotel em Brasília para acompanhar a apuração dos votos, aliados da candidata Dilma Rousseff traçaram o caminho que deve ser seguido pelo novo governo. Mais do que a continuidade, Dilma vai imprimir seu estilo no governo que vai aprimorar os programas sociais e garantir o crescimento econômico.

Segundo o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, Dilma vai cumprir a meta de erradicação da miséria e manter a integração entre crescimento econômico e inclusão social. “O governo Dilma vai ser um outro governo. Ela vai dar seu tom e estilo, e aprofundar o que governo Lula começou. O Brasil pode e tem que erradicar a miséria. E a integração entre crescimento e divisão da riqueza vai ser a marca do governo da presidenta Dilma Rousseff”, acrescentou Temporão.

Continuidade

Na mesma linha, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, não prevê um governo idêntico ao de Lula, mas aposta que Dilma Rousseff vai continuar com a política de valorização do salário mínimo, por exemplo. “A Dilma vai manter a nossa política de valorização todos os anos do salário mínimo com aumentos acima da inflação. E, de certa forma, isso já está contemplado no Orçamento”, explicou.

Para o ministro, com Dilma na presidência da República, o Brasil vai continuar crescendo, com inflação sob controle, geração de emprego e investimentos em infraestrutura. “A continuidade significa manter os programas, a linha, mas vai sair um presidente e vai entrar outra. Com a caneta cheia para nomear quem quiser”, brincou Paulo Bernardo.

Na avaliação do ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, o país está pronto para seguir mudando. “Vamos deixar uma herança do bem. Um país ajustado, pronto para continuar crescendo e reduzindo a pobreza.”

Balanço

No balanço sobre a campanha eleitoral, o assessor especial da presidência, Marco Aurélio Garcia, lamentou a mobilização de “setores do submundo da política” que evitou uma discussão politizada. Segundo ele, a campanha foi exaustiva e Dilma deve tirar uns dias de descanso.

“O resultado revela que houve mais acertos que erros. Sempre que foi necessário, ela insistiu muito no projeto nacional de desenvolvimento, nas grandes políticas que foram as do governo Lula, que devem ganhar em qualidade neste governo”, disse Marco Aurélio Garcia. “O momento agora, como se diz em linguagem futebolística, é correr para o abraço.”

VOTAÇÃO SEGUE HORA LOCAL

Por Ricardo Ribeiro

A votação neste segundo turno obedecerá à hora local dos estados, não seguindo o horário de verão. Portanto, assim como ocorreu no primeiro turno, as seções eleitorais irão abrir às 8 horas e fecham às 17 horas.

Por conta do horário de verão e da diferença de fuso horário em quatro estados (Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima), as pesquisas de boca de urna somente poderão ser divulgadas a partir das 19 horas.

ELEIÇÃO: DILMA JÁ VOTOU EM PORTO ALEGRE

http://www.bahianoticias.com.br/fotos/editor/Image/FOTOS%20NOVAS/dilma_voto_portoalegre.jpg

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, votou às 9h11 deste domingo (31) no colégio Santos Dumont, em Porto Alegre. Acompanhada pelo governador eleito Tarso Genro (PT), Dilma votou rapidamente, fez sinal da vitória com os dedos e ganhou um beijo do mesário, que mostrava a carteira de identidade que a candidata usou para votar. Em seguida, foi a vez de Tarso Genro votar. Na saída do colégio, Dilma foi cercada por eleitores e jornalistas. A petista foi para a casa da filha, que fica a cerca de 500 metros do local em que votou. A candidata não falou com a imprensa após votar. Informações do G1.

LULA VOTA EM SÃO BERNARDO DO CAMPO

http://www.bahianoticias.com.br/fotos/editor/Image/FOTOS%20NOVAS/LULA_VOTO_SAOBERNARDO.jpg

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chegou às 9h35 deste domingo (31) para votar na escola João Firmino Correia de Araújo, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. O presidente estava acompanhado da primeira-dama Marisa Letícia. Ele cumprimentou os mesários e votou rapidamente na urna. “Estou muito otimista. Estou confiante que seja a companheira Dilma (a eleita). Tenho certeza que ela vai fazer um grande governo”, afirma o presidente Lula após votar em colégio no ABC paulista. Em seguida, Lula seguiria para São Paulo e, ainda neste domingo, deve voltar para Brasília, onde acompanha a apuração das eleições. Informações do G1 e Terra.

Pedro Bial e as biografias de Dilma e Serra

O Hino Nacional diz em alto e bom tom (ou som, como preferir) que um filho seu não foge à luta. Tanto Serra como Dilma eram militantes estudantis, em 1964, quando os militares, teimosos e arrogantes, resolveram Dar o mais besta dos Golpes militares da desgraçada história brasileira.

Com alguns tanques nas ruas, muitas lideranças, covardes, medrosas e incapazes de compreender o momento histórico brasileiro, colocaram o rabinho entre as pernas e foram para o Chile, França, Canadá, Holanda. Viveram o status de exilado político durante longos 16 anos, em plena mordomia, inclusive com polpudos salários. Foi nas Belas praias do Chile que José Serra conheceu a sua esposa, Mônica Allende
Serra, chilena.

Outras lideranças não fugiram da luta e obedeceram ao que está escrito em nosso Hino Nacional. Verdadeiros heróis, que pagaram com suas próprias vidas, sofreram prisões e torturas infindáveis, realizaram lutas corajosas para que, hoje, possamos viver em democracia plena, votar livremente, ter liberdade de Imprensa. Nesse grupo está Dilma Rousseff. Uma lutadora, fiel guerreira da solidariedade e da democracia. Foi presa e torturada. Não matou ninguém, ao contrário do que Informa vários e-mails clandestinos que circulam Brasil afora.

Não sou partidário nem filiado a partido político. Mas sou eleitor. Somente por Estes fatos, José Serra fujão, e Dilma Rousseff guerreira, já me bastam para definir o voto na eleição presidencial de 2010. Detesto fujões, detesto Covardes!

Pedro Bial, jornalista.

Vox Populi: Dilma lidera com 51% e Serra tem 39%

http://blstb.msn.com/i/D3/17B765BC442E4BBF6AD5362ACD27C.jpg

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, aumentou para 12 pontos porcentuais sua vantagem em relação a seu adversário José Serra (PSDB), segundo pesquisa Vox Populi/iG, divulgada hoje. A petista tem 51% das intenções de voto contra 39% do tucano. Os votos brancos e nulos seguem em 6% e os indecisos somam 4%. A margem de erro é de 1,8 ponto porcentual para mais ou para menos.

O levantamento ouviu três mil eleitores entre os dias 15 e 17 deste mês. O resultado, portanto, não capta o impacto do debate realizado pela Rede TV! em parceria com o jornal Folha de S.Paulo no último domingo, nem a entrevista concedida ontem por Dilma ao Jornal Nacional.

No levantamento anterior, realizado entre os dias 10 e 11 deste mês, a vantagem de Dilma era de oito pontos: a candidata do PT tinha 48% e Serra, 40%. Na época, os indecisos eram 6% e os votos brancos e nulos somavam 6%.

Na nova pesquisa, considerando apenas os votos válidos – sem contar brancos, nulos e indecisos -, a vantagem da petista sobe para 14 pontos porcentuais. Ela aparece com 57%, ante 43% de Serra. No levantamento anterior, os porcentuais eram, respectivamente, de 54% e 46%.

De acordo com o Vox Populi, 89% dos entrevistados disseram estar decididos sobre em quem votar. Apenas 9% sinalizaram que ainda podem rever a decisão. A consolidação do voto é maior entre os eleitores de Dilma: 93%. Entre os eleitores de Serra, 89% afirmaram que estão decididos sobre o voto. A pesquisa Vox Populi/iG foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 36.193/10.

[A TARDE]

ACM Neto admite ser impossível vencer Dilma Rousseff na BAs

Por Davi Melo

O deputado federal Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM/BA) considera ser praticamente impossível conseguir virar o jogo na Bahia e estabelecer no Estado votação do presidenciável tucano José Serra (PSDB) superior à da petista Dilma Rousseff, que obteve 62% no primeiro turno. “Diminuir a diferença é uma certeza”, diz o parlamentar, que direciona esforços na região oeste do Estado.

A relação com o agronegócio será uma das armas do deputado democrata, que foi o mais votado no Estado com pouco mais de 328,4 mil votos, para tentar alavancar a candidatura de Serra na região oeste. Em função disso, foi escolhido o prefeito de São Desidério, Zito Barbosa (PMDB), para alavancar a candidatura do tucano na região. “Com certeza, Dilma terá menos votos”, disse o prefeito. Outro cabo eleitoral será Herbert Barbosa, irmão do prefeito, e deputado estadual mais votado na região.

ACM Neto afirma que utilizará todo o aparato de internet para contribuir com a candidatura do tucano. O parlamentar gravou um vídeo, no qual pede votos para Serra, e distribuiu para mais de 250 mil pessoas via e-mail. O deputado federal disse que “a estratégia é buscar voto a voto para reduzir a diferença na Bahia”.

Neste sábado (16), o democrata realizou caminhada em Cajazeiras, um dos bairros mais populares de Salvador. Segundo informações da assessoria de imprensa, ACM Neto fará caminhadas até o fim da campanha, principalmente nos locais onde obteve mais votos. Na última quinta-feira (14), ele já havia realizado caminhada em Pernabués, acompanhado pelo candidato a vice, Indio da Costa.

O Democratas baiano ainda conta com 150 mobilizadores pró-Serra, e começam a realizar as pichações pelos muros da capital, uma vez que não houve este trabalho no primeiro turno.

CE: missa com presença de Serra acaba em tumulto em Canindé

http://p1.trrsf.com.br/image/get?o=cf&w=619&h=464&src=http://img.terra.com.br/i/2010/10/16/1678792-5273-atm14.jpg

A visita do candidato José Serra (PSDB) à cidade de Canindé, a cerca de 120 km de Fortaleza, acabou em confusão na tarde deste sábado (16). Depois de se reunir com alguns prefeitos e o senador Tasso Jereissati (PSDB), o tucano foi hostilizado por um grupo de militantes do PT.

Durante a missa celebrada na Basílica de Canindé, o padre disse que eram mentirosos os panfletos que circulavam na igreja afirmando que a candidata petista, Dilma Rousseff, era a favor do aborto e tinha envolvimento com grupos terroristas como as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), e ainda criticou a postura dos tucanos. Foi o suficiente para se instaurar a confusão.

O senador Tasso se exaltou e foi tomar satisfação do padre, afirmando que era um “padre petista” como aquele que estava “causando problemas à igreja”. Alguns partidários do tucano também se exaltaram e o padre saiu escoltado por seguranças. Nenhum membro da administração da paróquia confirmou o nome de padre. Disseram apenas que ele não era da cidade.

Militantes do PT, com bandeiras como nome de Dilma, estavam na porta da basílica na saída da missa. Houve um princípio de briga entre eles e os militantes do PSDB.

Após a confusão durante a missa, em homenagem à Romaria de São Francisco de Assis, quando a cidade recebe pelo menos 100 mil visitantes durante todo o mês, José Serra deu uma rápida entrevista aos jornalistas.

“Vou fazer muito pelo Nordeste e pelo Ceará. Vou terminar as obras que este governo deixou pela metade”, frisou o tucano dizendo-se devoto de São Francisco de Assis e da própria cidade, Canindé.

Com informações de Aécio Santiago

BOATO DE LESBIANISMO FOI ÁPICE PARA DILMA

De acordo com o jornalista Josias de Souza, da Folha de S. Paulo, a presidenciável Dilma Rousseff (PT) adotou tom agressivo em debate realizado na Rede Band, na noite deste domingo (10), devido à sua chateação com mais um falso boato com o fim de atingir sua candidatura. Até então, duas falsas notícias atormentavam o comando da campanha da petista – a que teria dito que “nem Jesus Cristo” tiraria sua vitória, e outra informando que a candidata seria a favor do aborto. Antes do debate, o comitê de campanha foi informado acerca de um falso processo judicial que circula na internet. Na peça, um suposto advogado aciona Dilma em nome de uma hipotética ex-doméstica da candidata. A empregada fictícia sustenta no processo ter mantido com Dilma um relacionamento amoroso de 15 anos e cobra indenização. Uma simples consulta no registro da OAB do advogado da causa foi o suficiente para demonstrar a falsidade da informação. Dilma e seus assessores acreditam que o ataque partiu da campanha de José Serra (PSDB).

[Bahia Notícias]

DEBATE É MARCADO POR ATAQUES

http://www.bahianoticias.com.br/fotos/editor/Image/serra_dilma_debate_uol.JPG

O medo do enfrentamento devido às estratégias de marketing eleitoral, que repudiam a agressividade, foi deixado de lado pelos presidenciáveis no primeiro debate do segundo turno. Além das polêmicas já esperadas, como a legalização do aborto, a petista Dilma Rousseff tentou inserir na pauta da eleição deste ano o mesmo tema que derrotou Geraldo Alckimin (PSDB) em 2006, as privatizações do governo FHC. Quem tomou a iniciativa de partir para cima foi Dilma, que disse estar sendo vítima de “calúnias, mentiras e difamações” e acusou o vice de Serra, Índio da Costa, de organizar grupos para atingi-la. Serra rebateu: “Você disse que era a favor da liberação do aborto, depois disse que era contra. Aí se trata de ser coerente, de não ter duas caras”. Em resposta, Dilma chamou o adversário de “mil caras”. A petista disse ainda que foi o próprio Serra, quando ministro da Saúde, quem “regulamentou o acesso ao aborto” no SUS (Sistema Único de Saúde).

[Bahia Notícias]

DILMA EM JEQUIÉ

http://www.souzaandrade.com.br/blog08/wp-content/uploads/2010/10/dilma_rousseff.jpg

Tudo indica que a candidata a presidente da República, Dilma Rousseff, participará de uma carreata na cidade de Jequié, no próximo dia 16 de outubro (sábado). A coordenação da campanha estuda a possibilidade de 4 carreatas da presidenciável. Dia 15 seria em Feira de Santana; 16 em Jequié e Guanambi e no dia 17 em Irecê. No dia 20, a programação seria na capital Onde a candidata do PT fará um comício. Aguarda-se confirmação.

[Souza Andrade]

SESSÃO DA CÂMARA

aovivo2

BLOGUEIRO

AFONSO MENDES

Árbitro de Futebol Profissional; Bacharelando em Direito na UNEB; com extensão em Direitos Humanos na UnB; e Direito Administrativo na ILB (Senado Federal). Um jovem que acredita na renovação dos valores da política.

Para enviar e-mails a Afonso Mendes, clique aqui.

 
Versículo para você!
TEMPO EM IPIAÚ